Naturopatia

Naturopatia

O que é a Naturopatia?

A Naturopatia (Naturopathic Medicine) é uma ciência da saúde que combina terapias naturais, tradicionais e modernas com medicina científica. Sua filosofia tem como objetivo prevenir, identificar a causa essencial das doenças ou desequilíbrios e estimular o corpo para sarar por si mesmo.

Educamos e apoiamos pacientes tanto em doenças agudas como crônicas, por meio de tratamentos individualizados, sempre se considerando o estado físico, mental, emocional e espiritual dos pacientes.

Dentro das terapias mais usadas, estão a fitoterapia, Medicina Tradicional Chinesa e acupuntura, recomendações nutricionais e­ do estilo de vida, hidroterapia e terapias florais. A Naturopatia pode atuar como complemento à medicina convencional ou pode ser também usada eficazmente sozinha na prevenção de varias doenças e melhora do estilo de vida. Essa ciência têm como objetivo principal prestar um cuidado mais eficaz para a saúde, com o menor risco aos pacientes; reconhecer e promover o poder de autocura do ser humano; identificar e remover a causa essencial das doenças e não suprimir os sintomas; educar; tratar cada paciente individualmente, considerando o estado físico, mental, emocional e espiritual e promover o bem-estar e prevenção das doenças.

Naturopatia = estilo de vida

Espaço Harmonia do Ser


Encarada como uma forma natural de estar e de viver a vida, a Naturopatia defende que são os hábitos nocivos – sono irregular, alimentação desequilibrada, tabaco, excesso de álcool, uso de drogas – que levam à acumulação de toxinas no corpo, o que leva ao seu mau funcionamento e, consequentemente, a um mal-estar generalizado, ou pior, às doenças. A adopção de novos hábitos, que incluem um estilo de vida moderado (diminuição dos níveis de stress e ansiedade, cultivar uma atitude positiva), uma dieta equilibrada, o recurso a jejuns esporádicos, descobrir a importância da respiração (para depois exercer!), a prática regular de exercício físico, tempo para actividades recreativas e de lazer (de preferência ao ar livre!).

O que trata?

Espaço Harmonia do Ser


Caracterizada por sendo uma terapia multidisciplinar, a Naturopatia é uma opção válida para homens e mulheres de todas as idades. Utilizada no tratamento de perturbações crónicas e agudas, abrange patologias tão diversas como: anemia, artrite, diabetes, alergias, bronquite, candidíase, enxaquecas, sinusite, constipações, tensão pré-menstrual, dores menstruais, menopausa, osteoporose, obesidade, problemas de pele, afecções digestivas, úlceras, obstipação, cistite, irritações do cólon, má circulação, recuperações pós-operatórias, stress e ansiedade, entre outros. Fale sempre com o seu médico de clínica geral antes de optar por um tratamento natural ou mesmo se pretende adicioná-lo a um tratamento actual.

A trilogia da Naturopatia

Espaço Harmonia do Ser


Força vital – o nosso organismo possui uma força vital curativa capaz de enfrentar e de recuperar de várias afecções, ou seja, auto-equilibra-se (a esta capacidade chama-se “homeostasia”). A Naturopatia define a saúde como um estado físico, mental e emocionalmente harmonioso e não a simples ausência de dor e/ou de doença.

Sintomas da doença – segundo a Naturopatia, a manifestação dos sintomas de uma qualquer doença são a prova de que o organismo está a libertar as toxinas nocivas e a voltar ao seu estado naturalmente saudável. No entanto, todo e qualquer sintoma deve ser seguido e devidamente tratado.

Tratamento holístico e natural – para além de ser 100% natural, os tratamentos prescritos no âmbito da Naturopatia são definidos tendo em conta a pessoa como um todo e com base em três aspectos fundamentais. Chama-se tríade da saúde e envolve: a saúde estrutural; saúde bioquímica; saúde emocional.

A consulta de Naturopatia

Espaço Harmonia do Ser


Hoje em dia existem muitas clínicas, especializadas ou não em medicina natural, que disponibilizam consultas de Naturopatia. O objectivo da Naturopatia é promover mente sã e corpo são, prevenir e tratar as doenças, no entanto, fá-lo de uma forma distinta da medicina convencional – em vez de tratar os sintomas, procura a principal causa do problema. Daí ser natural que na primeira consulta, o naturopata questione a pessoa sobre os mais variados aspectos da sua vida: actual estado de saúde, qual a sua profissão e ritmo de trabalho, dieta (tanto o que come, como o que bebe), funcionamento intestinal, qualidade do sono, se tem uma rotina de exercício físico, como ocupa os tempos livres, como vive as diferentes relações que mantém com o companheiro, amigos e familiares. Para além destas informações, o naturopata pode fazer uma série de exames médicos como medir a pressão arterial, auscultar o coração, observar os olhos, ouvidos e garganta, entre outros.